quinta-feira, 5 de julho de 2007

Roriz.

O Roriz entregou a rapadura de vez, com sua renúncia mais rápida que um raio. Geralmente os políticos denunciados por bandalheiras cerram fileiras, fazem discursos inflamados em sua defesa, com direito a toda uma pirotecnia de choro e lágrimas e, no último momento, renunciam. Mas o senador, aquele mesmo que mandou passar fogo em funcionário público, não pestanejou e sartou de banda. O seu suplente, do mesmo balaio, se assumir, está com uma penca de processos nas costas. Ê, beleza!!!


Powered by ScribeFire.

Um comentário:

"o moço da bodega" disse...

Esse meliante, nas próximas eleições estará de volta. A exemplo de Inácio Arruda e ACM